Enviar Sugestão ou Reclamação

X
Nome Telefone E-mail
Administração
Secretaria
Autarquia
Dica, Sugestão ou Reclamação Enivar fotos
Enviar Sugestão ou Reclamações

Alô GDF - cuidando da sua cidade

PUBLICIDADE

Ibaneis estima chegar a 1000 casos de coronavírus e prevê volta às aulas a partir de junho

25/05/2020 11:32

Governador também anunciou que reabrirá feiras permanentes do DF, mas as deixará sob fiscalização

Ibaneis estima chegar a 1000 casos de coronavírus e prevê volta às aulas a partir de junho
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

O governador Ibaneis Rocha fez projeções nesta quarta-feira (1) a respeito dos casos de coronavírus no Distrito Federal e do funcionamento de alguns serviços. Baseando-se em estudos e previsões em conjunto com órgãos de saúde, Ibaneis estima que o DF chegará a 1000 casos de Covid-19 no pico das infecções pela doença, que deve ocorrer entre a segunda quinzena de abril e a primeira de maio.

A estimativa é, de certa forma, positiva para o DF, uma vez que o número poderia ser maior em caso de não isolamento da população, como apontam estudos. Além disso, Ibaneis afirma que, caso a previsão de 1000 casos se confirme, as redes pública e privada de saúde conseguirão atender a demanda.

“Chegando nesse número, a nossa saúde dá conta de atender”, afirmou o governador, ao programa DF1, da TV Globo.

Volta às aulas
A data de volta às aulas preocupa estudantes, pais, professores e demais profissionais das redes de ensino local. Perguntado sobre quando as escolas devem estar autorizadas a receber alunos novamente, Ibaneis declarou que apenas a partir do mês de junho. “Não é uma decisão tomada, é uma expectativa. A gente trabalha com números e projeções”, disse o chefe do Executivo, deixando claro que as decisões serão colocadas em prática sob estudos prévios.

 
Feiras permanentes
Durante a entrevista, Ibaneis revelou que irá permitir que as vendas de alimentos em feiras permanentes voltem a ser realizadas. A medida deve ser publicada no Diário Oficial (DODF) ainda nesta quarta (1). 

De acordo com o governador, a população passou a sentir uma necessidade de adquirir estes alimentos e, por isso, a reabertura das feiras. “Pessoas que gostam de comprar em feiras e precisam de produtos dessa natureza vão ter acesso”, afirmou Ibaneis.

As feiras, no entanto, serão fiscalizadas por forças de segurança e saúde. “Vou colocar equipes do Corpo de Bombeiros e da Saúde e vou manter o controle de acesso a essas feiras. E vou contar com a população para que não crie grandes aglomerações. Se tiver aglomeração, a gente vai lá e fecha novamente.”

Casos no DF
Até a manhã desta quarta (1), o Distrito Federal registrava 354 casos de infecção pelo novo coronavírus.

Dos 354 pacientes:

De acordo com o governador, a população passou a sentir uma necessidade de adquirir estes alimentos e, por isso, a reabertura das feiras. “Pessoas que gostam de comprar em feiras e precisam de produtos dessa natureza vão ter acesso”, afirmou Ibaneis.

As feiras, no entanto, serão fiscalizadas por forças de segurança e saúde. “Vou colocar equipes do Corpo de Bombeiros e da Saúde e vou manter o controle de acesso a essas feiras. E vou contar com a população para que não crie grandes aglomerações. Se tiver aglomeração, a gente vai lá e fecha novamente.”

Casos no DF
Até a manhã desta quarta (1), o Distrito Federal registrava 354 casos de infecção pelo novo coronavírus.

Dos 354 pacientes:

146 estão recuperados
12 estão em estado grave, internados em UTIs
31 em estado moderado, internados em leitos
222 estão em casa, com sintomas leves
74 estão sob análise

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Olá, deixe seu comentário para Ibaneis estima chegar a 1000 casos de coronavírus e prevê volta às aulas a partir de junho

Enviando Comentário Fechar :/