Enviar Sugestão ou Reclamação

X
Nome Telefone E-mail
Administração
Secretaria
Autarquia
Dica, Sugestão ou Reclamação Enivar fotos
Enviar Sugestão ou Reclamações

Alô GDF - cuidando da sua cidade

PUBLICIDADE

Lei iguala premiação para homens e mulheres em competições esportivas do DF

10/04/2019 13:42

Norma vale para eventos com apoio do GDF. Autor da proposta acredita que iniciativa privada também adote medida.

Lei iguala premiação para homens e mulheres em competições esportivas do DF
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

A lei que proíbe prêmios de valores diferentes para homens e mulheres em competições esportivas no Distrito Federal foi sancionada nesta quarta-feira (10). O texto havia sido aprovado pela Câmara Legislativa no dia 12 de março.

Na prática, competidores da mesma modalidade e categoria vão receber premiação igual, independentemente do gênero. A media quebra uma tradição histórica de conceder prêmios menores às mulheres.

Um exemplo, citado na apresentação do projeto de lei, foi a competição internacional de skate em Santa Catarina, em que a atleta Yndiara Asp recebeu R$ 5 mil pelo primeiro lugar no torneio feminino, e Pedro Barros embolsou R$ 17 mil como vencedor masculino. Ambos conquistaram o título na mesma categoria.

Autor da proposta, o deputado distrital Eduardo Pedrosa (PTC) afirma que a prática é inconstitucional, uma vez que as provas "demandam o mesmo esforço físico e mental".

"As mulheres se sacrificam tanto quanto os homens para alcançar o topo das suas carreiras. Temos que gerar igualdade na hora da gratificação também", disse ao G1.

"É importante começar a quebrar essa barreira e estender isso pro Brasil."


Eventos privados ficam de fora
A lei vale apenas para eventos que tiverem apoio do GDF ou sejam realizados em espaços administrados pelo governo. "Temos que regular o uso do dinheiro público de acordo com o que consideramos correto", explicou o Eduardo Pedrosa.

Antes mesmo da lei, a Corrida de Reis já respeitava a igualdade na premiação. O regulamento de 2019 também prevê os mesmos valores para os cinco primeiros colocados na corrida, tanto na categoria feminina, quanto na masculina.

A medida, porém, deve servir de exemplo e até de estímulo aos empresários que realizam eventos por conta própria. "Acredito que vai ser algo natural dentro do meio empresarial. Na hora de promover um evento, vão querer buscar essa equiparação."

"A iniciativa privada tem que ter essa consciência."

 

Confira a matéria na integra no link a seguir :

https://g1.globo.com/df/distrito-federal/noticia/2019/04/10/lei-iguala-premiacao-para-homens-e-mulheres-em-competicoes-esportivas-do-df.ghtml

Fonte: Luiza Garonce
Foto: Leo Correa/AP
Edição: Pedro Wolff

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Olá, deixe seu comentário para Lei iguala premiação para homens e mulheres em competições esportivas do DF

Enviando Comentário Fechar :/